quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Antígua e Barbuda


Nome oficial: Antigua and Barbuda
País independente da: América Central
População: 81.799
Idioma: inglês, crioulo antiguano

Antígua e Barbuda é um país independente composto por, principalmente, duas ilhas situadas no Mar do Caribe. O nome da nação se consiste no nome de cada uma das duas ilhas principais: Antígua (a maior) e Barbuda (a menor). A capital e maior porto do arquipélago é St. John's, na ilha de Antígua. O país possui o apelido de "Terra das 365 Praias", devido às muitas praias que cercam as ilhas. Seu governo, língua e cultura tiveram muita influência do Império Britânico, do qual o país já fez parte.


Como é o turismo lá?
Antígua é, talvez, a ilha que mais exemplifica o modo de vida moderno de um destino no Caribe. Com poucos outros recursos naturais, o turismo domina a economia local em ambas as ilhas. Há uma fartura de praias de areias brancas, e em Antígua o que não faltam são resorts da mais alta categoria. Barbuda também tem as boas praias, mas pouca infra-estrutura turística.


Do que mais eles vivem?
Bancos de investimentos e serviços financeiros também são parte importante da economia de Antígua e Barbuda, com muitos bancos estrangeiros marcando presença lá, tirando vantagem das leis bancárias liberais do país. Mas isso tudo pode mudar, em consequência da prisão do bilionário texano baseado em Antígua, Allen Stanford, acusado de perpetrar uma enorme fraude que pode ter feito os investidores perderem US$ 8 bilhões, em 2009.


Qual a história do lugar?
O arquipélago foi habitado por volta de 3.100 a.c. pelos ameríndios Siboney. Os indígenas que lá viviam sabiam construir embarcações muito bem e navegavam pelo Caribe e Atlântico, conseguindo colonizar outras terras, como grande parte da América do Sul e do Caribe. As doenças africanas e europeias mataram grande parte da população, provavelmente a maior delas foi o sarampo. Acredita-se que o nome Antígua tenha sido dado por Cristóvão Colombo, navegando pelas ilhas em 1493, chamando-a de Santa Maria la Antigua por causa de uma santa na catedral de Sevilha (Espanha). Os espanhóis não colonizaram Antígua pois não havia água doce no local.


A educação lá é boa?
A população de Antígua e Barbuda possuem uma taxa de alfabetização de mais de 90%. O país adotou um princípio nacional de se tornar o principal provedor de serviços médicos no Caribe. Como parte dessa missão, o arquipélago construiu o hospital com tecnologia mais avançada do Caribe, o Mt. St. John Medical Centre. A ilha de Antígua tem hoje duas faculdades de medicina, a American University of Antigua (AUA), fundada em 2004, e a University of Health Sciences Antigua (UHSA), fundada em 1982.


Como é a cultura das ilhas?
A cultura é predominantemente britânica. Por exemplo, o críquete é o esporte nacional e Antígua tem vários jogadores famosos no mundo. Outros esportes populares incluem o futebol, corrida de barcos e surfe. A cultura popular e moda americanas também possuem grande influência. A maior parte da mídia no país é uma mescla das televisões americanas. Muitos antiguanos gostam de viajar para San Juan, em Porto Rico, para fazer compras. Para eles, a família e religião são muito importantes e a maioria das pessoas frequenta uma igreja. Em agosto acontece o Carnaval, onde comemoram a abolição da escravatura.


Como chegar lá?
A maioria dos navios que fazem as rotas caribenhas aportam em Antígua e Barbuda. De avião, o Aeroporto Internacional V.C. Bird serve a capital St. John's e possui voos chegando de vários destinos: Canadá (Toronto), Estados Unidos (Miami, Nova York, Newark, Charlotte), Porto Rico, Reino Unido (Londres), além de outros destinos no Caribe, sendo para quem vai do Brasil, o mais prático é ir a Barbados (que tem voo de São Paulo via Caracas pela Gol) e de lá fazer conexão direta pra Antígua e Barbuda. A companhia aérea LIAT, da região, é a que mais voa para diferentes destinos a partir de St. John's.

Nenhum comentário:

Postar um comentário